NOTA #1 [18/03/2020] (RJ I)

Acho justo dizer que sempre houve uma crise das pessoas com o círculo. Imagino que tenha havido alguém entre nós para sugerir que o problema da crise atual tem mais a ver com a falta daquela crise. O mal-estar clássico que cada membro expressou nestes anos nunca pareceu ser um problema decisivo à vida do CEII. Sem fazer um elogio do sacrifício pessoal invisível ou ignorado que alguns membros praticaram em nome do círculo ao longo do tempo, acredito que o problema da crise atual indica que o CEII se tornou mais suscetível à disposição das pessoas. Apesar de ser frágil, o círculo nunca pareceu tão carente ao ponto de parecer virtualmente incapaz de sobreviver. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *