NOTA #1 [18/08/2015] (RJ I)

Na última reunião, em um momento foi falado sobre como consciencializar a pessoa sobre sua condição de explorado/oprimido, foi levantado que apontar essa situação seria algo que poderia tirar ainda mais a dignidade da pessoa. Consigo entender porque isso acontece, mas fica uma dúvida, como trazer a pessoa para a luta/militância? Como fazer que essa pessoa tenha conhecimento de que ela própria tem poder para mudar sua situação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *