NOTA #1 [18/08/2018] (VIRTUAL)

“…o povo já traz sempre em si a fratura biopolítica fundamental. Ele é aquilo que não pode ser incluído no todo do qual faz parte e não pode pertencer ao conjunto no qual já está desde sempre incluído”. (AGAMBEN, G. Meios sem fim, p. 37).

É curioso como esse trecho lembra a definição de povo de Jacques Rancière como os “sem-parte”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *