NOTA #10 [16/01/2018] (RJ I)

Compreendo que as reuniões são longas, longas mas que não se arrastam. O que se arrasta é ouvir o áudio. Penso que isto se refere àquele problema que ronda o CEII muitas vezes que é a nota de trabalho, ao que parece a exigência de escrever notas bem elaboradas é uma exigência não da nossa organização mas do próprio grande outro que exige isso de nós.  A elaboração de um resumo para estimular aos ausentes a ouvir o áudio parece interessante se nos propomos a subir notas que estejam em mais harmonia com o que é dito na reunião. No entanto acredito que a própria dificuldade de prestar atenção ao áudio de uma reunião do CEII já é um estimulo para que o membro compareça à próxima reunião. Mas precisamos admitir que o resumo da reunião, já é uma ferramenta auxiliar na compreensão do objeto em discussão nos encontros. Se tal pratica se confirmar será possível talvez pelo conjunto de resumos traçar um mapa de nossa própria compreensão sobre o que se estuda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *