NOTA #11 [02/05/2017] (RJ I)

Alguns debates são armadilhas. Não é esquerda classe média OU classe trabalhadora mais pobre, mas E, classe média de esquerda E classe trabalhadora mais pobre.
Portanto, a meu ver, é improdutivo a defensiva da classe média de esquerda de sua distância em relação à classe trabalhadora mais pobre, assim como a mera denúncia dessa situação. É fundamental entendermos o problema e criarmos soluções, entendendo que isso é um problema de todos nós.
A esquerda precisa ter mais espírito de resoluções de problemas, de eficiência organizacional, e deixar para as questões mais estratégicas nosso impeto crítico especulativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *