NOTA #11 [12/06/2018] (RJ I)

Pareceu bastante interessante o edital da casa do povo sobre o período de residência de coletivos. A ideia de ocupar um lugar com atividades coletivas parece mais do que um espaço de experimentação, mas de verificação da prática coletiva. Pelo histórico dos coletivos que já estiveram por lá, pode se dizer que suas ações são tais que possibilitam a prática coletiva se reverter em algum saldo positivo para o entorno do bairro do bom retiro.

O CEII, é um coletivo que vem se engajando em tarefas que sejam capaz de não descolar a vida do coletivo da vida do militante. Vejo hoje dois tipos de atividades que produzem serviço pra comunidade, a Oficina acadêmica, buscando acolher o sofrimento que envolve o processo educacional, e a produção de conteúdo educacional por meio das atividades do EAD. Me parece então que as atividades que poderiam ser desenvolvidas na casa do povo correspondem a este escopo educacional. Pelo que sei, o projeto de São Paulo para a oficina acadêmica está em caráter de protótipo. Quem sabe se CEII RJ e SP posam formar uma coalisão para que ambos construam a oficina enquanto prática durante a residência e utilizamos assim a prática para terminar de desenvolver o projeto em São Paulo.

Em fim são ideias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *