NOTA #3 [04/07/2019] (RJ I)

Esse momento político parece exigir constante consciência, mas manter a mente saudável e sobrea, em meio a enxurrada de informações que nos relembra constantemente que sozinhos ficamos impotentes, parece impossível. Nesse contexto, as relações afetivas tem sido um esteio pra vida. Alguém mais tem observado a construção de coletivos saídos de rodas de amigos com os mesmos interesses políticos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *