NOTA #3 [07/05/2015] (SP)

O problema da propaganda é algo que há tempos vem em discussão no CEII, não é um problema específico de uma célula, apesar de guardar especificidades locais, é um problema Global.

No caso específico do CEII São Paulo, a falta de ou a ineficiências do modelos de propaganda que escolhemos parece cada dia mais evidente, tendo em vista que nos últimos meses tivemos pocas visitas e nesse ano nenhum formulário de inscrição preenchido.

Diversos dispositivos foram pensados para que falar sobre e divulgar o CEII seja uma posição possível de ser ocupada por todos os membros – um deles considerava até a possibilidade de trocar uma nota de trabalho pelo relato da experiência de falar do CEII.

No entanto, o que pensamos na reunião foi de que forma operaria a divulgação do Círculo e elencamos basicamente duas modalidades de ingresso: (a) pela identificação com o interlocutor (aquele que fala sobre o CEII) e (b) pela identificação com o projeto.

Concluímos que é no segundo caso que nos interessa operar, uma vez que no primeiro – quando a identificação é com a pessoa que ocupa o lugar de porta voz do projeto do CEII e não com o projeto em si – quando a pessoa se torna membra, raramente sustenta essa posição. Ao se identificar com a pessoa e não com o projeto, ele está fadado a frustrar suas expectativas. Isso não significa dizer que quem entra pelo projeto não possa experimentar do mesmo sentido, pode, mas com a diferença que este pode buscar meio de implicar seu desejo na construção e alteração do projeto, tal possibilidade não figura àquele que está identificado a um membro do CEII em específico.

Portanto, a única forma de sustentar a participação no CEII é pela via da identificação com o projeto. Como construir um modelo de propaganda que possibilite a entrada via projeto, isto é, uma propaganda que enalteça o projeto e não quem é o seu porta-voz é um desafio que se impõe ao Círculo. Acredito que tal desafio tenha espaço para ser levado à Reuniões Regionais e Globais e quem sabe não tenha corpo para sustentar até um STP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *