NOTA #3 [14/03/2017] (RJ I)

Gostei do que caminho que o texto sobre a guerra levou na ultima reunião. Pelo que eu entendi o começo do séc. XX foi marcado por certa forma de melancolia, ou o que o Freud chama de mal-estar. No meu primeiro ano de CEII eu tentei dividir a esquerda (numa nota) em melancólica (a esquerda presa a politica do séc. XX, desde a social democrata até a dos velhos partidos comunistas), niilista (ou pós-moderna, totalmente descrente de qualquer forma de instituição, tenta constantemente criar uma politica “realmente popular e plural” mas constantemente se autodestrói) e nova (as novas tentativas de organizar o pensamento e a organização da esquerda porém ainda são muito pequenas e desconhecidas). A gente falou da melancolia na ultima reunião um pouco, mas e a esquerda niilista? O Zizek já falou da esquerda que jogou fora o bebe com a água suja, isso ainda é parte da melancolia ou uma outra coisa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *