NOTA #3 [16/05/2019] (RJ I)

me ocorreu o seguinte:

o “nacional socialismo” quer separar estado e capital (bancos e política internacional alemã, etc) a partir da ênfase na nação (comunidade)

o socialismo soviético quer separar nação e capital (a mescla de aristocracia e capitalismo monopolista que caracterizava a sua sociedade) apostando no estado (novo contrato social).

liberalismo quer separar estado e nação (fronteiras que bloqueiam desregulação do comércio) apostando no capital (livre mercado)

se capital (extração e realização de mais valia) precisa de nação (para formar o trabalhador e o consumidor) que precisa do estado (para dosar protecionismo e pactos comerciais internacionais, e criar uma rede básica de segurança e redução do salário) que precisa de capital (para financiar esse estado de bem-estar social e ter poder no cenário internacional), etc – então todas essas formas de separar os três termos com ênfase em um deles é capenga.

por outro lado, o que significa desatrelá-los todos ao mesmo tempo?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *