NOTA #4 [15/12/2015] (RJ I)

Uma das principais  questões do CEII foi sobre sua existência.  No entanto, 2015 revelou para o CEII uma consistência maior de sua existência permitindo a gente se debruçar sobre  outros problemas mais concretos, de médio e longo prazo. Por exemplo, nós sempre nos preocupamos muito com os motivos de membros do CEII saírem do coletivo.  Mas hoje em dia, com consistência maior de existência e um número maior de membros, nossa atenção diminuiu com as saídas dos membros, porque temos uma circulação muito maior. Hoje acho que colocaria outros problemas: quais são os efeitos que o CEII produz nos sujeitos que passam pelo círculo? Quais são os efeitos do círculo no mundo a partir de seus ex membros?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *