Nota #4 [18/08/2015] (RJ I)

A atividade intelectual funciona bem dispersa – a pesquisa teórica pode ser solitária e é inclusive nesse formato que normalmente ela se mostra mais consistente (pelo menos para o próprio autor) –  mas a ação política precisa ser coletiva. Sinto que o CEII ainda encontra muita dificuldade em organizar ações coletivas, mesmo que pontuais. Até mesmo atividades acadêmicas em grupo são muito difíceis de coordenar – quiçá a atividade em núcleos de base. Sinto que é preciso pautarmos isso de uma nova maneira, pois motivamos os membros do CEII no caminho da prática coletiva, mas na maioria das vezes não somos capazes de dar consistência a essa motivação, que acaba sendo levada a cabo por indivíduos dispersos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *