NOTA #4 [21/04/2015] (RJ)

Referente ao texto “Como começar do começo…de novo” – Gostaria de levantar uma dúvida sobre o início do texto. Qual seria a diferença entre tratar a hipótese comunista kantianamente, “concebendo o comunismo como uma ‘ideia regulativa’, através da qual ressuscitaríamos o espectro do “socialismo ético”, cuja norma-axioma a priori é a igualdade” e a proximidade com a visão deconstrutivista de sonho de presença? (página 211, segundo parágrafo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *