NOTA #5 [18/09/2017] (RJ I)

A leitura do texto Para Alem do Principio do Prazer tem sido bastante satisfatoria até agora. A compulsão a repetição, o desprazer como constituinte do processo que envolvem o prazer retirados da experiencia clinica de Freud pode ajuar muito em diversas questões no ambito clinico e para nós do ceii em entender melhor a maneira como os sujeitos fazem suas ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *