NOTA #8 [11/07/2017] (RJ I)

O que interessa notar na história de Paulo em nosso caso é justamente pensar a dimensão da boa nova que representa a ressurreição de Cristo para Paulo. Ele rompe com os vínculos que definiam sua vida para se engajar na ideia de uma vida nova, em suma podemos dizer que a postura assumida por Paulo é a de um Sujeito da ideia que surge do acontecimento ou evento da ressurreição.

Portanto deve se notar que a dimensão acontecimental da qual Badiou faz referência é uma dimensão que fala de um acontecimento criador de um Sujeito possível, à partir deste ponto podemos arriscar dizer que é por esta dimensão do evento, que Badiou busca reposicionar a categoria moderna do Sujeito na Filosofia.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *