NOTA #8 [26/06/2018] (RJ I)

Poucas vezes o que é entendido como utilidade, relevância ou atividade da história foge do que é fundamentalmente expresso na famosa citação de Santayana: “aquellos que no pueden recordar el pasado están condenados a repetirlo”. É uma afirmação que precisamos do conhecimento das causas histórico para uma ética das instituições presentes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *