Nota #9 [19/05/2015] (RJ)

Nas últimas reuniões da Celúla RJ tem se utilizado a leitura da tradução dos textos que serão publicados no evento a Ideia do Comunismo. No entanto, não sei se esta dinâmica têm sido apropriada para os nossos encontros. Inicialmente, imaginei que a leitura das traduções seria guiada por debates teóricos. Mas, na prática, a leitura tem sido muito corrida e com momentos de debate mais técnicos de tradução do que teóricos. Disso decorre dois problemas: i) o desvio da intenção inicial das reuniões do Círculo, marcadas pelo debate teórico e ii) a possível inviabilidade de participação de alguns membros no debate técnico da tradução (em virtude de conhecer ou não o idioma em tradução), gerando exclusão. Por isso, acho que devemos refletir na próxima reunião sobre a continuidade desta dinâmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *