Nota CEII SP [10/01/2019]

Esta se tentando forjar um novo arranjo de classes no Brasil, um arranjo militar-empresarial. Trata-se da tentativa de reencenar o pacto de 64 que durou cerca de 20 anos. O governo bolsonaro é composto maioritariamente por oficiais das forças armadas, que em sua imensa maioria estão tendo pela primeira vez uma experiência na administração pública. Noticias tambem revelam que Mourão, que visivelmente se afasta de Bolsonaro e de seu radicalismo direitista, esta cada vez mais proximo do empresariado. Este, acredita cada vez menos que Bolsonaro possa resolver seus problemas de acumulação. O caminho eata, portanto, pavimentado para um governo direto dos militares, amparados politicamente pelo empresariado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *