NOTA CEII SP #1 [14/09/2017]

Esta “terrível conspiração mundial” é, certamente, a fantasia ideológica em seu estado mais puro: uma estranha condensação do medo da extrema direita e da extrema esquerda. O mínimo que podemos dizer em crédito à Christie é que ela localiza o coração da conspiração na extrema direita (neo-nazis) e não em nenhum dos outros habituais suspeitos (comunistas, judeus, muçulmanos e etc.). A ideia de que neo-nazis estavam por trás dos protesto estudantis e luta de libertação sexual de 68, com sua óbvia loucura, no entanto, testemunha a desintegração de um mapeamento cognitivo consistente ao nosso predicamento.

O autor Zizek, discute sobre fantasia ideológica e acredito que seria interessante se conseguimos fazer este debate internamente. Primeiro, como as formas coletivas de organização lidam com a fantasia ideológica. E em segundo, como o CEII entende isto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *