Nota CEII SP [10/01/2019]

Gostaria de colocar em discussão uma mensagem que recebemos no Facebook. Na verdade foi mais um questionamento do que propriamente uma mensagem, nela a pessoa pergunta para o CEII, quantas mulheres e negras participam do coletivo. Acho a pergunta digna mas também ao mesmo tempo me peguei pensando será que isso foi uma crítica? E ao pensar isso, gostaria agora de propor uma discussão sobre a questão dos grupos de “minoria” que se unem com um propósito comum e fazem manifestações e encontros e etc…E porque estes grupos acabam sendo tão segregados e militando por esse ou aquele interesse? Porque não podemos de alguma forma unir todos eles e torná-los um só?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *