NOTA CEII SP [13/04/2017]

A partir dos comentários de um camarada na reunião sobre os discursos e sobre a tese de lenin sobre o poder dual, me vieram as idéias de que um governo ou organização comunista, deveria preservar as características que levaram à revolução propriamente dita, de modo a mesmo após o ato revolucionário, preservar o dualismo do poder no sentido de manter a influência e a escuta as outras e novas formas de poder e organização que forem aparecendo, tal qual o “resto” na teoria dos discursos, de forma a, assim, propusermos (quem sabe…) uma “revolução contínua”, ou um “governo revolucionário”, que se mantenha dessa forma em permanente movimento, em uma dialética entre o governo e o povo ingovernável, o governo oficial e não-oficial, ou quem sabe, discursos do mestre e da histérica ou discurso do mestre e outros discursos do mestre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *