NOTA CEII SP [22/02/2018]

A frase do discurso do Lula se auto proclamando uma ideia ou um mito faz com que nossa leitura seja ainda mais necessária para identificar formas de resistência. Nossa resistência não se volta apenas para ações de exceções que estão se tornado cada vez mais a regra. A morte de Marielle e Anderson! É preciso resistir também a colonização das ideias Lulistas que impedem acoes5e alternativas diferentes. Apesar de comoçoes entre os que o defendem com a lealdade dos seus próprios corpos e daqueles que fazem barulho com suas panelas a uma maioria na observação (o que não é necessariamente ruim) esperando para ver se a justiça irá parar no Lula ou continuar a colocar outras cores -além do vermelho- na cadeia. Talvez nossa possíveis  ações sejam em direção a estas pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *