Nota CEII SP [27/06/2019]

  1. Frase do Euclides: A unit is that according to which each existing thing is said to be one.
  2. Μονάς = unidade no sentido do einziger Zug
  3. Geômetra: alguém que se situa na matemática de uma maneira tal, aparentemente, que para ele, no mínimo, devemos dizer que a intuição conservará todo seu valor original
  4. Número = multiplicidade das mônadas
  5. 3 identificações na página 117, volume 13 das Gesammelte Werke de Freud:
    1. Aquela singularmente ambivalente que se faz sobre o fundo da imagem da devoração assimilante
    2. “Regressiva”
      1. Ligada a um certo abandono/perda do objeto amado
      2. Parcial, höchst beschränkte, nur einen einzigen Zug
    3. Identificação com o outro, por intermédio do desejo, a histérica
  6. Desconfiança da noção de classe
    1. É no nível do particular que sempre surge o que para nós é função universal
    2. (as 3 identificações anteriormente citadas não formariam uma classe)
  7. As imagos descobertas na experiência analítica, recaídas à cultura de massa, retornam ao arquétipo
  8. É justamente na medida em que ela negligenciou inteiramente o natural das coisas que a física começou a entrar no real
  9. A Gestalt a que Lacan se opõe é aquela antropomórfica, aquela que confunde o que traz a experiência analítica com a velha referência do macrocosmo e do microcosmo, do homem universal
  10. O contundente do que trazia a descoberta freudiana não consistia nesse retorno dos velhos fantasmas, mas numa relação outra
  11. Significantes: signos enquanto eles operam propriamente pela virtude de sua associatividade na cadeia, de sua comutatividade, da função de permutação tomada como tal
  12. Pq esse seminário começou por  Descartes? (e não por Platão, kant ou Hegel?)
    1. Pq oq está em questão é a autonomia do sujeito
      1. Ela é preservada
      2. O sujeito é o guia sem saber
  13. Automatismo de repetição; ciclo tão amputado/deformado/corroído
    1. Na incidência repetitiva na formação sintomática: o que se repete está lá não apenas para preencher a função natural do signo, que é de representar uma coisa que seria aqui atualizada, mas para presentificar como tal o significante que essa ação se tornou
    2. Enquanto o que está recalcado é um significante, que o ciclo de comportamento se apresenta em seu lugar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *