NOTA CEII SP #5 [15/02/2018]

[PARTE 4/4]
A suposta governabilidade recai nas costas dos mais vulneráveis socialmente, e a maionria da população obviamente não enxerga diferença alguma entre esquerda e direita. Isso porque parte da esquerda forjada nos idos de 1980 se retraiu a uma posição de defesa do governo independente do ônus para aqueles que dizem defender. Mesmo alguns meios independentes de comunicação cegam diante do bom trabalho que o Partido dos Trabalhadores desempenha para as classes proprietárias e para os conservadores. A lei do terrorismo irá passar sob o silêncio cumplice de um partido que diz defender as bases sociais. Enfim, Žižek disse certa vez se referindo à esquerda europeia: “Com uma esquerda dessas, quem precisa de direita?”. O mesmo raciocínio pode ser importado ipsis litteris: Com um Partido dos Trabalhadores desse, quem precisa de partido neoliberal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *