NOTA CEII SP #6 [17/10/2018]

No que atine ao fim do trabalho fordista, a tese de Sthéphane Beaud, com dados da situação francesa, mostra que mais do que o fim do operário, o que ocorreu foi uma invisibilidade da condição operário. Inclusive, faz uma pergunta acerca de quantos operários existiriam na França e mostra como as respostas subestimaram a real situação. Podemos perguntar: quantos operários existem no Brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *