REFERENCIAS CEII SP 21-06

Início da leitura do ‘o ano que sonhamos perigosamente’.

. (Zizek) Dialética entre Liberdade x determinação.  Emancipação x estrutura; a partir do sujeito e sua relação c a cadeia significante (lacan), no qual a cadeia apesar de dada de antemão, pode ser re-significada, e, contraditoriamente, abrir possibilidades a partir da estrutura e seus limites.

.Quadro semiótico de Greimas.

https://www.google.com.br/search?q=quadro+semi%C3%B3tico+de+greimas&tbm=isch&source=iu&ictx=1&fir=1cVPoTy7ywls1M%253A%252CpWo_lYKq7E31GM%252C_&usg=__5mDJkG0cO8DaUrnIEIzJu4aAnz8%3D&sa=X&ved=0ahUKEwj-6YfcxpXcAhXB1lMKHViGDYkQ9QEIOTAC#imgrc=1cVPoTy7ywls1M:

.Quadrado da não contradição. Formulado por aristóteles e ‘desenhado’ pela filosofia escolástica.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Quadrado_das_oposi%C3%A7%C3%B5es

‘diagnóstico é tb seu próprio sintoma’, jamison.

“O modo como foram lidos os eventos – a leitura deste – é mais sintomática que o próprio evento (…) o que significa junho de 2013? Todos querem ver junho como um sintoma, “olha! existe vida por debaixo da linguagem, das coisas q as pessoas falam.” Não, o sintoma está no modo como interpretamos junho de 2013, não existe sintoma fora da interpretação.” (Camarada Daniel, 2018).

. o tema ‘ Sujeito e infinito’ em Badiou. http://www.academia.edu/20733793/Subject_of_Philosophy_Subject_of_Psychoanalysis

https://lavrapalavra.com/2017/11/20/ser-evento-sujeito-o-sistema-de-alain-badiou/

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *