REUNIÃO CÉLULA CEII-SP 04/04/2019

Discutimos basicamente obre dois assuntos:

  1. Sobre as notas, ao que formulamos algumas sugestões de mudanças no que tange as notas e ao engajamento mínimo do membros, que estão bem expressas no post feito no grupo do face com as opções para votação, que segue:

CEII SP
Caros camaradas, na última reunião conversamos sobre o funcionamento da nossa célula e decidimos que seria interessante pensarmos numa mudança no modo com que nos relacionamos com as notas de trabalho, sobretudo em função dos sucessivos cancelamentos das reuniões o que, diante de sua realização quinzenal, está nos prejudicando bastante.
Abaixo seguem as propostas, mas é importante destacar que na reunião entendemos que a proposta 2 (quem tiver quatro notas não pode participar da reunião) é com certeza a mais interessante pois, além de não ser mais necessário o cancelamento da reunião, o envio de notas se torna uma questão de engajamento positivo com a célula. Ou seja, se o participante deseja participar da reunião, ele precisa estar em dia com suas notas. Nos parece uma virada do ponto de vista bastante interessante, uma vez que prestigia o interesse ao invés de “punir” o desinteresse.
Além disso, fica abolido o instituto mequetrefe do LICENCEII. Se o participante não quer ou não pode vir a reunião, nada muda, ele somente terá de enviar notas se quiser participar da reunião. Não haverá qualquer expulsão caso o participante não mande notas. A contagem é estacionada em 4 notas, e para participar da reunião precisa ter ao menos 3 notas de débito.
Enfim, esta nos pareceu a melhor ideia. As outras são abolição da obrigatoriedade das notas ou manter como esta.
Segue votação, que, como de praxe, ficará aberta por uma semana.
Abs!

. Pensar em outras formas de vinculo que possam substituir a nota ou valer como nota.

. Quem tiver em débito de 4 notas não pode participar da reunião

. Abolição da obrigatoriedade das notas

. Manter modo de funcionamento atual

 

  1. E, sobre a sugestão de pormos em prática, ao início do próximo texto de leitura, a idéia do SG tb ser um ‘animador de leituras’, que assim guiaria a leitura com questionamentos, a partir de uma leitura prévia do texto. Dessa forma, conviria ser também alguém que já tivesse ou que se sentisse mais familiar com o texto ou autor em questão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *