Referências 27/10/2015 (RJ I)

 

Curta-metragem sobre Mallarmé em Maio de 68:

Toute revolution est un coup de dés [toda revolução é um lance de dados]

 

Sobre os estudos da geração “nem nem”:

Geração “nem-nem” é objeto de estudo do Seade

Sobre Mallarmé:

Um Lance de Dados

Outros poemas

Badiou, A. Pequeno Manual de Inestética aqui

Sobre os números:

Badiou, A. Number and Numbersdisponível aqui

Hegel e os dois infinitos:

Barbieri, G. O Conceito de Infinito na Ciência da Lógicadisponível aqui

Sobre Ramanajuan:

Wikipedia

Sobre o século como extremos:

Hobsbawn, E. A era dos extremosdisponível aqui 

 

Audio da reuniãohttps://soundcloud.com/ideiaeideologia/ceii-27-10-2015-rj-i

Ata da reuniãohttps://app.worklife.com/meetings/562c1519db3cee5d3217ae36

 

Referências 20/10/2015 (RJ I)

 

 

Sobre o capitalismo contemporâneo:

Badiou, A. Capitaism today” em Rebirth of History – aqui

Sobre a morte do comunismo:

Badiou, A. “La muerte del comunismo” em De un desastre obscuro [disponível no CEII]

Sobre o nazismo como política:

Badiou, A. “Esboço de uma teoria do mal” em Ética – aqui

Sobre o lugar do nihilismo ou da técnica hoje:

Badiou, A. Nihilismo? em Manifesto pela Filosofia – aqui

Sobre o lugar do semblante e do real hoje:

Badiou, A. Pornographie du temps present [disponível no CEII]

Sobre a relação entre Heidegger e Marx:

Prado, G. O Comum e o Próprio: Do elemento de um Marx após Heidegger – disponível aqui

Sobre a técnica em Heidegger:

Heidegger, M. A questão da técnica – aqui

Cocco, R. A questão da técnica em Heidegger – aqui

 

Audio da reunião: https://soundcloud.com/ideiaeideologia/ceii-20-10-2015-rj-i

Ata da reunião: https://app.worklife.com/meetings/56262e56fd93390aef4e822a

Referências 13/10/2015 (RJ I)

QUADROS.002

Sobre a teoria Zizekiana dos antagonismos comuns:

Ver referências do dia 28/04/2015

Sobre o capitalismo contemporâneo:

Badiou, A. Capitaism today” em Rebirth of History – aqui

Sobre a morte do comunismo:

Badiou, A. “La muerte del comunismo” em De un desastre obscuro [disponível no CEII]

Sobre o nazismo como política:

Badiou, A. “Esboço de uma teoria do mal” em Ética – aqui

Sobre o lugar do nihilismo ou da técnica hoje:

Badiou, A. Nihilismo? em Manifesto pela Filosofia – aqui

Sobre o lugar do semblante e do real hoje:

Badiou, A. Pornographie du temps present [disponível no CEII]

Sobre a relação entre Heidegger e Marx:

Prado, G. O Comum e o Próprio: Do elemento de um Marx após Heidegger – disponível aqui

Sobre a técnica em Heidegger:

Heidegger, M. A questão da técnica – aqui

Cocco, R. A questão da técnica em Heidegger – aqui

 

Audio da reunião: https://soundcloud.com/ideiaeideologia/ceii-13-10-2015-rj-i

Ata da reunião: https://app.worklife.com/meetings/561c35146615552115a2c592

 

Referências 06/10/2015 (RJ I)

CEII logo

RESUMO DE “O SÉCULO”

Questão de método (pág 9)

divisões do século
a questão do nazismo
o enigma da Primeira Guerra
o homem novo

A besta (pág. 25)

poema de Ossip Mandelstam
dividir a vida em dois
a arte e a espera do novo

O irreconciliado (pág. 49)

europa e colônias, em números
Mandelstam
a paixão pelo real, marca do século
a guerra como paradigma

Mundo novo, sim, mas quando? (pág. 67)

o pensamento de Brecht
o tema da destruição e da ruína

Paixão pelo real e montagem do semblante (pág. 81)

o real e as ideologias
o real e o semblante
o teatro e o semblante
a política e a lógica da suspeita

Um se divide em dois (pág. 97)

Pensando a divisão e a contradição na Revolução Cultural

O real não é a realidade
dois caminhos do novo: destruição e mínima diferença 

Crise de sexo (pág. 111)

Freud e o pensamento do século sobre o sexo

Anábase (pág. 129)

o movimento do que não tem lugar
o “nós”, antes e depois da guerra
poema de Saint John Perse e a fraternidade
poema de Paul Celan e o ninguém

Sete variações (pág. 153)

o homem, ser não-natural – na filosofia, na ideologia, na crítica, no tempo, nas formas, e na dialética

Crueldades (pág. 171)

a crueldade terminal em Brecht
a crueldade que aparece em Pessoa
a criação da indestrutibilidade

Vanguardas (pág. 199)

o que é um manifesto
a arte e o novo
a vanguarda e o presente
o surrealismo e o amor

O infinito (pág. 223)

a junção da arte e da política
a continuação do romantismo
Hegel e o fim da arte
univocidade e formalismo

Desaparecimentos conjuntos do Homem e de Deus (pág. 249)

fundamentalismo e direitos humanos

a morte de Deus
a morte do Homem
“humanismo e terror”
Sartre e Foucault

 

Audio da reunião: https://soundcloud.com/ideiaeideologia/ceii-06-10-2015-rj-i

Ata da reunião: https://app.worklife.com/meetings/5611d049df6807519dcc2f48

NOTA #5 [29/09/2015] (RJ I)

Essa é uma meta nota, isto é, uma nota sobre haver a obrigatoriedade das notas no CEII. Isso sempre foi um ponto polêmico. Muita gente deixou o ceii por sentir-se “pressionada” por isso. Cabe duas investigações, numa tentativa de formalizar esse nó sintomático: tentar entender a resistência às notas, por um lado, e a sua insistência como essencial ao projeto.