NOTA #10 [27/05/2020] (RJ I)

A reunião junto ao camarada Aiello, do Paraná, foi interessante. Pudemos fazer uma retroação os áudios das reuniões do CEII desde quando ainda só havia a célula do Rio de janeiro. Ao mesmo tempo pudemos trocar uma ideia sobre como CEII se comporta nos dias de hoje. De minha parte e de alguns camaradas compartilhamos algumas ideias possíveis de como nós apresenta, o CEII nos dias de hoje: um coletivo que experimenta formas diferentes de se tentar organizar e reorganizar o trabalho. É o que vimos em projetos como o Oficina acadêmica e o EAD, e a própria revista crise e crítica (que hoje se autonomizou do coletivo e outros projetos. O integrante do CEII simplesmente pode pegar carona no projeto ajudando ele a funcionar, e então ele pode aprender a fazer algo e ao mesmo tempo usufruir dos ganhos que o projeto pode lhe proporcionar. Esse vai-e-vem a que os militantes do CEII estão expostos, (uma vez que eles transitam por diversas atividades do coletivo) muitas vezes me faz pensar o CEII como uma espécie de incubadora de projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *