NOTA #18 [03/06/2020] (RJ)

Em uma reunião se comentou sobre uma discussão no CEII nos idos de 2013. Uma oposição que apareceu entre a ideia de Gramsci de um intelectual orgânico, algo como um pensamento produzido a partir das ruas; e uma posição mais à la Lenin, de uma separação entre um ‘pensamento espontâneo’ e um pensamento mais de segunda ordem, tarefa de uma vanguarda intelectual. O partido precisa ser mediador para que a ‘rua’ produza seu pensamento? O que acham os ceiianos dessa oposição de Pensamento Orgânico vs Pensamento da Vanguarda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *