NOTA #2 (13/10/16) PR

Muito boa a reunião do curso do ceii na UENP. Observamos no mesmo dia a realização da assembleia para mobilização dos estudantes contra as diversas investidas golpistas e a questão orçamentaria da universidade. Porem tal sensibilização não esta presente em grande parte dos alunos, que acredita que suas vidas não serão afetadas pela pec 241 e a saúde orçamentaria da uenp não é a tragédia que tentam pintar. Diante disso, incide a reflexão do porque grande parcela discente tende a menosprezar as motivações da mobilização e apenas uma minoria possui o ânimo de tentar mudar a realidade. Egoísmo? falta de sentimento coletivo? desinformação? esteriótipos e rótulos? Talvez um pouco de cada, somado com cursos que não perceberam que estão em uma universidade, comportando como se fossem faculdades agregadas. Enquanto isso, os pagamentos mínimos para a manutenção de toda a estrutura universitária continuam a atrasar, estamos caindo em um abismo com nossa velocidade acelerada em progressão geométrica a cada dia de nossa inércia. De certa forma, as investidas que nos atingem diariamente, ocorrem porque as políticas públicas, que pela lógica deveriam ser em prol da população, estão submetidas ao poder econômico, negociadas por uma classe política suína, detentora do poder político, na busca pela propagação e intensificação do poder econômico. Um ciclo de tragédias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *