NOTA #2 [22/04/2020] (RJ I)

Tese 12 
“Precisamos da história, mas não como precisam dela os ociosos que passeiam no jardim da ciência.”  Nietzsche, Vantagens e desvantagens da história para a vida

O sujeito do conhecimento histórico é a própria classe combatente e oprimida. Em Marx, ela aparece como a última classe escravizada, como a classe vingadora que consuma a tarefa de libertação em nome das gerações de derrotados. Essa consciência, reativada durante algum tempo no movimento espartaquista, foi sempre inaceitável para a social-democracia. Em três decênios, ela quase conseguiu extinguir o nome de Blanqui, cujo eco abalara o século passado. Preferiu atribuir à classe operária o papel de salvar gerações futuras. Com isso, ela a privou das suas melhores forças. A classe operária desaprendeu nessa escola tanto o ódio como o espírito de sacrifício. Porque um e outro se alimentam da imagem dos antepassados escravizados, e não dos descendentes liberados”.
Teses sobre o conceito de história (1940) – Walter Benjamin 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *