NOTA #3 [23/09/2020] (RJ)

Olá amigos, continuo com saudades de frequentar as reuniões.
Consegui acompanhar a primeira parte da última reunião (enquanto fazia o almoço), onde foi feita uma leitura do Mestre Ignorante.
Foi revigorante revisitar esta ideia de uma igualdade que se baseada na condição do ignorante, ela se distancia da ideia liberal do homem definido pela racionalidade tipicamente burguesa sem se afastar da ideia de homem produzida no marxismo segundo a qual este não se diferencia dos outros seres por seu caráter racional mas sim por sua capacidade de produzir o meio em que vive a partir do trabalho.

um abraço a todos vocês meus queridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *